c.e.m

Pessoas do c.e.m

Clara Bevilaqua

Clara Bevilaqua é, bailarina, atriz, professora de dança e teatro, designer auto didata e apaixonada pela criação de imagens gráficas. É licenciada em Teatro pela Universidade Federal de Uberlândia (Brasil). Iniciou sua formação em dança na escola Uai Q Dança (Uberlândia-Brasil) onde foi durante 11 anos professora, coreógrafa e bailarina. Teve experiências em práticas de Eutonia com Fernanda Bevilaqua, artista fundamental no despertar da paixão pela dança, movimento e educação. Em 2012/2013 participou no programa de Mobilidade Internacional na Faculdade de Motricidade Humana (FMH/Lisboa). Neste mesmo ano, participou da formação “Corpo Zero” e estágio em estudos do corpo, dança e movimento, no c.e.m – centro em movimento em Lisboa. Em 2017 participa do programa de investigação “Risco da dança” e desde então, continua seus estudos no c.e.m. Atualmente integra a equipa do c.e.m, nomeadamente no trabalho com a comunidade, com o Corpo na Creche da Encosta do Castelo.

Dos últimos processos criativos, destaca-se a atuação como bailarina-criadora do “Conversas de Corpo” (2015), com direção de Fernanda Bevilaqua, que circulou em Portugal com produção do Coletivo Lagoa e orientação de Mariana Lemos. Atualmente, está em carreira com o espetáculo “JUNTO” co-produzido pelo Teatro da Trindade – Fundação INATEL, apoiado pela Fundação GDA, uma criação do Coletivo Lagoa, encenado por Mariana Lemos. Trabalha, em continuidade, com Guilherme Calegari e com orientação, apoio e colaboração da bailarina e criadora Mariana Lemos.

Faz parte da Lagoa, um coletivo de artistas de várias áreas que trabalham em rede, desde 2016 em Lisboa. Como artista-educadora, dedica-se aos estudos do corpo no encontro com pessoas e corpos a crescer, principalmente aquelas dos 0 aos 3 anos, investigando a construção da autonomia no corpo de cada uma|um.